Se você ainda não conhece essa tendência, ou melhor, este mercado, é bom se preparar para o que ele vai causar no mundo do consumo fashion.

O mercado da moda está mudando e isso é um fato. Essa pode ser uma afirmação bastante clichê, mas a verdade é que o mundo está modificando a sua forma de consumir e pensar. E as empresas, dos mais diversos segmentos, precisam se adequar a isso. 

Cada vez mais o movimento de conscientização em relação à sustentabilidade, consumo excessivo e a forma como vivemos no mundo. E é claro que um dos mercados que mais fatura (estima-se que o setor de moda deve ter um crescimento de até 3,1% ao ano, até 2021, no Brasil, de acordo com dados da Fiesp), e que está extremamente ligado a essas reflexões, não poderia ficar de fora dessa tendência.

Se você ainda não sabe o que significa o termo slow fashion e para onde ele vai nos levar, chegou a hora de entender um pouquinho mais sobre este novo mercado. Além disso, se prepare para conhecer um novo mundo de possibilidades para a sua forma de vestir e se expressar no mundo.

Afinal, moda é muito mais do que apenas comprar uma roupa, é um jeito de passar para o mundo tudo aquilo que você é e acredita.

O que é Slow Fashion?

O termo Slow Fashion surgiu em 2004, em Londres, e foi cunhado por Angela Murrills, uma escritora de moda da revista Georgia Straight. Inspirado no movimento de slow food, o termo apareceu como uma alternativa à produção em massa em meio a um caos de consumo causado pelo capitalismo. 

Mas calma, o conceito é muito mais abrangente do que isso e nós vamos deixar ele bem explicado para você aqui, ok? Afinal, ele deixou de ser apenas um movimento para se tornar um novo mercado de consumo. Uma nova forma de comprar!

E o que exatamente significa moda slow fashion?

Basicamente, o slow fashion é uma alternativa sustentável a um mercado que produz a todo o vapor. Encontramos por aí, todos os dias, novas coleções saindo e entrando nas vitrines das mais diversas lojas. Peças e mais peças de roupa sendo produzidas e vendidas diariamente, num ritmo que é praticamente impossível de ser acompanhado, o que nos provoca um desejo ainda maior.

E é aí que surge uma pergunta muito importante para quem está querendo entender o real motivo do surgimento do slow fashion: nós realmente precisamos de tantas roupas assim? 

E engana-se quem acha que esse pensamento vem somente dos ativistas ambientais que querem acabar com o setor têxtil… Não, não, não… O guarda roupa que segue o mercado slow fashion vêm se tornando cada vez mais o must have de diversas blogueiras ao redor do mundo

slow fashion veio para ficar
Fonte: Pinterest

Acredite, é possível sim criar looks incríveis com as peças que são produzidas por esse mercado e de quebra, se manter por dentro de uma tendência que todos deveriam seguir: a da sustentabilidade.

look slow fashion
Fonte: Pinterest

 

Produzir X Consumir

A ideia central é que o mercado de slow fashion cresça, porque está mudando a forma de produzir de grandes marcas. Além, é claro, de trazer à nossa sociedade, que está vivendo hoje um auge de consumo capitalista, reflexões sobre a forma de consumir. Ele surge como um respiro e também, uma valorização à mão de obra.

O que está acontecendo é que agora estamos pensando mais em qualidade do que apenas na quantidade. Foi-se o tempo em que ter um guarda-roupa entupido de peças que você comprou e muitas vezes nem chegou a usar, era visto com bons olhos. Atualmente, vale muito mais a pena adquirir algo que você realmente vai aproveitar, do que apenas montar um guarda-roupa para contribuir com uma indústria frenética.

É exatamente essa mentalidade que está surgindo não só na cabeça das pessoas, como também da indústria da moda, que em suas produções, agora, se preocupa mais com a criação de algo que traga maior responsabilidade social do que apenas no potencial poder de compra do consumidor.

O produzir e o consumir estão mudando! Você está preparada?

Slow Fashion e Fast Fashion: quais são as diferenças?

slow fashion e fast fashion
Fonte: Pinterest

Mas você deve estar se perguntando: o que exatamente difere essa tendência de slow fashion de um mercado de fast fashion? Basicamente, é a forma de produzir e o pensamento sobre o consumo. 

Se você é uma daquelas pessoas loucas por um shopping  e que adora olhar vitrines, já deve ter percebido que a mudança nos looks expostos em cada loja, ocorre com frequência, certo? As opções são as mais variadas e as liquidações também. Descontos de 20%, 30%, 40%, 50% e às vezes até mais, despertam desejo nos consumidores, os fazem comprar e na outra semana já temos outras coleções expostas para atrair novos olhares. A moda rápida é voltada à atender necessidades de uma forma imediata.

Em um caminho inverso, com o slow fashion, as peças possuem maior qualidade, pois são feitas para durar mais, a atemporalidade é levada em consideração para que você possa criar vários looks, e tem um tempo de produção mais longo, fazendo com que o processo criativo para criar aquelas peças seja muito mais bem pensado.

Ou seja, você adquire uma peça atemporal e de alta qualidade. Parece que a escolha já foi feita, não é mesmo?

The future is here!

Já imaginou se esse for o futuro do mercado de moda? Slow Fashion, moda autoral, guarda-roupa cápsula, moda sustentável, moda consciente. Quais serão as suas opções de compra? É possível criar looks incríveis a partir deste mercado?  

arara de roupas slow fashion
Fonte: Pinterest

Acredite, diversas marcas (inclusive grandes empresas do segmento de moda de luxo) estão começando a pensar muito mais em como tornar as suas peças sustentáveis. Além disso, se você começar a pesquisar, com certeza vai encontrar marcas e estilistas locais, com produtos incríveis, de alta qualidade e que vão transformar seu guarda roupa! Aqui mesmo, na Fashion Flavour, nós trabalhamos com diversas opções para você.

Então, se você já cansou da produção em massa, cansou de peças sem qualidade, quer algo realmente original e que demonstre quem você realmente é, comece a pesquisar opções que tenham o foco no movimento slow fashion. Buscar uma vida mais calma, inclusive em relação a forma como você consome, pode deixar tudo mais leve! (Além de lindo, porque os looks que podemos criar com peças autorais e com foco na “moda consciente” ficam maravilhosos).

Por isso, lembre-se: slow fashion não significa apenas consumir em menor quantidade. Mas, também significa um aproveitamento melhor do tempo. Faça parte desse movimento, dessa tendência e compartilhe seus looks com a gente!

Não deixe de acompanhar outros conteúdos no nosso blog, em breve traremos novidades incríveis para você, com as tendências e opções de marcas para transformar o seu guarda-roupa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *